quinta-feira, 19 de julho de 2018

livro_Este é o Tempo de Adriano Moreira e Vítor Gonçalves

11-2014 "De um conjunto de conversas com Adriano Moreira (Trás-os-monte,s1922), o jornalista Vítor Gonçalves escreveu Este é o Tempo. Num registo coloquial e sempre na primeira pessoa, Adriano Moreira descreve aspetos mais íntimos da sua vida.
Partindo da sua prodigiosa memória, Adriano Moreira conta as conversas que teve com Salazar e narra ainda episódios menos conhecidos, como o processo que o conduziu à cadeia onde partilhou a cela com Mário Soares. Descreve o período de exílio no Brasil, depois do 25 de Abril, e a adesão ao CDS onde chega a Presidente do partido."

quarta-feira, 18 de julho de 2018

100 anos do nascimento de Mandela

18 de Julho de 1918, Mvezo, África do Sul nasce Mandela, um  homem que soube perdoar. Ler as cartas que escreveu na prisão é ler um testemunho de uma época e de um homem bom.

"Você alcançará mais nesse mundo por meio de atos de compaixão do que por atos de vingança"...... "Quando um homem fez o que ele considera ser o seu dever para com o seu povo e o seu país, ele pode descansar em paz."


07-2018 Sinopse
Preso em 1962, quando o regime do apartheid na África do Sul intensificava a sua campanha brutal contra os opositores políticos, o advogado e ativista do Congresso Nacional Africano Nelson Mandela, então com quarenta e quatro anos, não fazia a menor ideia de que passaria os vinte e sete anos seguintes na prisão. Durante os seus 10 052 dias de encarceramento, o futuro líder da África do Sul escreveu uma imensa quantidade de cartas às inflexíveis autoridades prisionais, a companheiros ativistas, a responsáveis governamentais e, acima de tudo, à sua corajosa mulher, Winnie, e aos cinco filhos.

Agora, no centenário do seu nascimento, 255 dessas cartas, muitas das quais nunca antes tornadas públicas, são compiladas num volume que as organiza cronologicamente, dividindo-as pelas quatro instituições prisionais por onde passou até à sua libertação, a 11 de fevereiro de 1990.

Ilustrado com reproduções de alguns dos seus escritos, este é um documento de um valor excecional para o conhecimento desta que foi uma das figuras mais inspiradoras do século XX, revelando-o como pai e marido extremoso, como um lutador incansável pelos direitos humanos e, acima de tudo, como homem de uma coragem imperturbável, que se recusou a comprometer os seus valores mesmo quando confrontado com um enorme sofrimento.
Críticas de imprensa
«As palavras de Madiba são como uma bússola num mar de mudança, um pedaço de terreno sólido entre correntes rodopiantes.»
Barack Obama
«Um contributo valioso para a nossa compreensão de uma das mais vitais figuras da história.»
Kirkus Review

terça-feira, 17 de julho de 2018

livro_ aurora cunha

aurora cunha nasceu em 31 de maio de 1959 (Guimarães)e marcou o atletismo  e é um exemplo de vida. 06-2018
Sinopse
A biografia ilustrada que faltava de uma das maiores campeãs do nosso atletismo.

Aurora Cunha é um dos nomes incontornáveis do desporto português.

Campeã em várias provas mundiais, nasceu no Norte do País e daí se mostrou ao mundo.

Retirada há anos das competições, tem tido um percurso posterior de grande empenho nas causas sociais e desportivas.
Críticas
«Os portugueses reconhecem o seu inestimável contributo e agradecem-lho. Também por isso mesmo aqui estou para lhe testemunhar essa gratidão. Que é do cidadão. Mas é, também e sobretudo, do Presidente da República, em nome de Portugal.»
Marcelo Rebelo de Sousa

«Oportuna é, pois, esta homenagem a Aurora Cunha, à sua vida, motivações e propósitos, acção e resultados, porque poderá constituir um apelo, sobretudo aos mais jovens, para que nela encontrem motivação e inspiração.»
António Ramalho Eanes

segunda-feira, 16 de julho de 2018

NOS apresenta | A minha casinha é GiGA

livro_ dolores aveiro, mãe de CR7



04-2015 Sinopse
Pela primeira vez Dolores Aveiro, a mãe do melhor futebolista do mundo, abre o seu coração e fala da sua vida, das muitas dificuldades que passou e da forma decidida como sempre educou os seus filhos.
Criada num orfanato, Dolores Aveiro passou, na sua vida por muitas dificuldades. Decidiu enfrentá-las com determinação e muito trabalho. Lutou, emigrou, fez tudo o que pôde mas parecia não ser suficiente. Mas quando a falta de recursos estava já a atingir um limite perigoso, Dolores engravidou novamente, pensou em abortar mas não o fez e  assumiu a criança que iria mudar o rumo da família



em julho 2018 CR/ joga na Juventus, Turim, Itália.


entrevista da mãe 08/06/2018




sexta-feira, 13 de julho de 2018

saúde natural: 5 saisons

http://www.virya.pt/laboratorios/5-saisons/



OS 10 ELIXIRES ENERGÉTICOS : São compostos de plamtas segundo a Chinesa, criados pelo Dr. Yves Requena link: https://yves-requena.com/ são distribuídos pela empresa de saúde natural: http://www.virya.pt/  e  PADMA Centro de Terapia Tradicional Chinesa:  Rua 5 de Outubro, 55 r\c , 8000 - 075 Faro, T: 289 807 808 Tel: 969 10 92 75

 artigos em françês do dr. requena: http://www.ieqg.com/yves-requena/78-dans-la-presse

um Teste elaborado pelo Dr. Yves Réquéna para determinar através de 40 perguntas caraterológicas o Elixir Energético 5 Saisons mais adequado para cada pessoa.

Segundo a medicina chinesa a cada um de nós é atribuído pelo céu um mandato ou duração de vida a que os chineses chamam MING.

Este mandato ou duração de vida exprime-se forçosamente por uma estrutura elemental (Madeira, Fogo, Terra, Metal, Água). Cada um dos 5 elementos caracteriza uma maneira através da qual o QI (energia) expressa sua frequência vibratória que distingue cada elemento dos restantes 4.



Quando conhecemos o nosso elemento podemos ajudar a manter o seu equilíbrio através do respectivo elixir.

As fórmulas Yang (1,3,5,7,9) estimulam, tonificam, aceleram, despertam, aquecem, protegem o funcionamento do órgão e sua energia respectivas.

As fórmulas Yin (2,4,6,8,10) arrefecem, acalmam, dispersam, alimentam, retardam, o funcionamento do órgão e sua energia respectiva.
 
Ajudam à sincronização do corpo, da mente e do espirito, com as energias universais e influencias cósmicas, ajudando a eliminar os desequilíbrios.  

quarta-feira, 11 de julho de 2018

dia de S. BENTO, abade, padroeiro da Europa

http://sbento.pt/pt/hp/

ora e labora é o lema deste Santo. O trabalho dignifica a vida e ajuda no caminho da santidade.  este santo é conhecido como dando "uma boa morte" quem possua a sua medalha ou cruz será por ele protegido.
"Quiconque me rappellera ma dignité par laquelle le Seigneur a bien voulu m'honorer et me béatifier en me donnant une mort si glorieuse (saint Benoît est mort debout devant l'autel, et les mains levées vers le Ciel, après avoir communié) je l'assisterai fidèlement à l'heure de la mort et je m'opposerai à toutes les attaques que l'ennemi dirigera contre lui. Protégé par ma présence, il sera en sécurité malgré les pièges du tentateur, et s'élancera heureux vers les joies éternelles."
La prière latine entourant saint Benoît, sur la médaille, se réfère à cette promesse. Si on fait la traduction, on lira: "PUISSIONS-NOUS ÊTRE PROTÉGÉS PAR SA PRÉSENCE À L'HEURE DE NOTRE MORT. link


                                                                   ******


um livro: "Regra de S. Bento em Português, Estudo e edição de dois manuscritos de Sara Figueiredo Costa


o http://www.mosteirodesingeverga.com/ aplica a RB : 

O lema beneditino Ora et labora pode ser traduzido para este século como:

«o diálogo com Deus e a realização pessoal e comunitária através do trabalho. É dar humanidade à vida e às coisas. Sem pressas, mas aproveitando os tempos».


Em Portugal, houve várias edições da Regra em latim e português, sendo a primeira impressa em 1586. Ficaram, todavia, famosas as 16 pequeníssimas edições, quando, no terramoto de Lisboa (1755), o Mosteiro de S. Bento da Saúde (sede do governo desde 1834) ficou intacto no meio das ruínas da cidade,  passando a Regra a ser usada como talismã contra os terramotos e outros males.conta-se a seguinte estória de S. Bento: "Une curieuse histoire nous est rapportée à ce propos. On raconte qu'en 1647, on emprisonna quelques nécromanciennes en Bavière. En les interrogeant, elles déclarèrent que leurs agissements superstitieux étaient toujours restés sans effet aux endroits où se trouvait l'emblème de la sainte croix; leur domination ne pouvant notamment atteindre le couvent de Metten (Allemagne), elles en conclurent que ces lieux étaient particulièrement protégés. Après des investigations faites audit couvent, on constata que plusieurs peintures de la croix, appliquées de longue date sur les murs, portaient certaines lettres auxquelles on n'avait plus prêté attention. La signification de ces lettres ne put être trouvée que lorsqu'on découvrit, dans la bibliothèque du couvent, un manuscrit datant de 1415, dans lequel saint Benoît figurait portant dans la main droite une crosse se terminant par une croix. Sur cette crosse on lisait le texte suivant: "Crux sacra sit M lux N Draco sit Mihi Dux." Sa main gauche tenait un parchemin enroulé sur lequel figuraient les mots suivants: " Vade Retro Satana Nuq Suade M Vana. Sunt Mala Quae Libas Ipse Venena Bibas." Ce document révéla l'origine et le sens des lettres apposées aux murs; celles-ci formaient les initiales du libellé et du manuscrit."

Por isso, S. Bento, é tido, em Portugal, protetor dos males desconhecidos e dos maus vizinhos. 

livro RTP_ O fio da navalha

05-2018
"A vida de Larry Darrell muda para sempre quando um amigo e colega de combate morre ao tentar salvá-lo. Para o jovem aviador americano, a morte passa então a ter um rosto. O inexorável mistério da morte leva-o a questionar o significado último da frágil condição humana e a embarcar numa obstinada e redentora odisseia espiritual.

Ao recusar viver segundo as convenções impostas pela sociedade para buscar o sentido da vida (que encontrará, certa manhã, algures na Índia), Larry torna-se simultaneamente uma frustração para os que o rodeiam - principalmente para Isabel, a namorada, e Elliott, tio desta, que cultivam acima de tudo a aceitação e o prestígio sociais - e a personificação de um ideal de espiritualidade e não-compromisso.

Por duas vezes adaptado ao cinema, O Fio da Navalha é um romance intemporal. As ansiedades e dúvidas de Larry são também as nossas; continuamos até hoje a buscar um sentido para a nossa existência. Para encarnar essa luta contra o destino, Somerset Maugham criou um dos mais fascinantes personagens do seu vasto legado literário.

Da Primeira à Segunda Guerra Mundial, passando pela Grande Depressão, ele leva-nos, através das sociedades francesa, americana e inglesa, à verdade mais recôndita da alma e do sentimento humanos."


                                   "O caminho é estreito como um fio da navalha" _Upanishad

terça-feira, 10 de julho de 2018

não ás touradas em Portugal

 temos ainda um longo caminho:



 "Certains prennent plaisir à se venger, à torturer d’autres êtres humains, à se réjouir de la ruine d’un concurrent. Un cambrioleur jubile en contemplant le magot et le spectateur d’une corrida s’enflamme en assistant à la mise à mort d’un taureau. Ces plaisirs, ces états d’exaltation passagère, parfois morbide, tout comme les moments d’euphorie positive, n’ont pas grand-chose à voir avec le bonheur envisagé comme une manière d’être"

mattieu ricard link