quarta-feira, 12 de setembro de 2007

poema

"Às vezes como uma moeda acende-se um pedaço de sol nas minhas mãos." pablo neruda

1 comentário:

  1. Oi, amiga, lindíssimas as pausas passeando no teu blog. :)
    Beijinhos e bom weekend!

    ResponderEliminar