sexta-feira, 4 de julho de 2008

fire and rain/paradigma

A california está a sofrer fogos destrutivos_ muita gente deslocada, que não sabe para onde ir e que lutam para não perderem o que levou anos a construir. Portugal já passou por isso num outro ano de triste memória_
"It's been a terrible year," Celia Breyfogle said. "The Midwest is getting water, water, water, and we're getting fire, fire, fire. Wish we could all share."
"For the first time in my life, I saw caravans of people in cars packed with their belongings heading out of the evacuation zone," Nepenthe's Gafill said. "What I've seen on the news from many parts of the world was coming back to us.".in los angels times
Por aqui pouco se fala destes fogos, temos outros "paradigmas",quando oiço alguém utilizar esta palavra pergunto-me se conhecem a teoria subjacente à palavra. A wiki diz-nos: "Em Linguística, Ferdinand de Saussure define como paradigma (paradigmáticas) o conjunto de elementos similares que se associam na memória e que assim formam conjuntos relacionados ao significado (semântico). Distinguindo-se do encadeamento sintagmático de elementos, ou seja, relacionados sintagma enquanto rede de significantes (sintático)."
Os analistas politicos estão a utilizar a palavra paradigma como sinónimo de modelo, ou seja, temos que mudar de paradigma=temos que mudar de modelo, mas esqueçem que muitas vezes isso implica, não uma continuidade, mas sim descontinuidade e na minha opinião mutação. Vamos mudar de paradigma, vai haver uma mutação, uma descontinuidade da qual ainda não apercebemos os contornos. Eu diria que é isso que a meteorologia = o tempo nos indica.
"Oh, I've seen fire and I've seen rain
I've seen sunny days that I thought would never end
I've seen lonely times when I could not find a friend
But I always thought that I'd see you, baby,
one more time again".

Sem comentários:

Enviar um comentário