sábado, 18 de outubro de 2008

os mensageiros secundários

Na altura do terramoto, os monstros ainda eram portadores de mensagens. E, a avaliar pelas minhas novíssimas aquisições, pelo menos desta vez a mensagem e os mensageiros estavam de acordo. Deus mandou vários sinais para mostrar aos crentes o Seu alvo final. Vinha aí o maior terramoto de todos os tempos. Os homens tinham que ser amplamente avisados. Tavez seja só uma coincidência. Mas é possível encontrar padrões nas coincidências. Podemos já não ter o direito de acreditar em muita coisa, mas continuo a achar que é reconfortante sabermos que, em qualquer sítio fora do alcance dos nossos sentidos, há um padrão de lógica que está sempre a trabalhar. E este padrão imperscrutável vai deixando cair aqui e ali uns sinais dispersos que a nossa mente consegue abarcar. Só para a gente saber que está mesmo qualquer coisa algures do outro lado. aqui no circulo de leitores

1 comentário: