terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Vajrasatwa

Só fato de escutar o som de um mantra é muito benéfico para os seres a um nível ou outro, mesmo se não são conscientes experimentarão os benefícios no futuro.

Tomemos como exemplo o mantra de cem silabas de Vajrasatwa.Estas cem sílabas são as sílabas geradoras das cem divindades "pacificas e coléricas" do Bardo. De esta maneira, as cem divindades estão representadas potencialmente nas cem silabas deste mantra. O mantra tem uma certa estrutura gramatical e uma pessoa versada na língua sânscrita e sua sintaxe podem traduzi-lo como uma prece a Vajrasatwa. Porém o significado último destes sons, além do nível conceitual e gramatical, pode ser compreendido por um ser que tem a sabedoria de um Buda completamente Iluminado. O sentido destas sílabas permanece impenetrável para aquele que não tem realizado a experiência do despertar. Recitar o mantra com fé e confiança permite receber seus benefícios, ainda que não se tenha uma compreensão intelectual ou uma percepção direta.

Tem se dito que o mantra de cem silabas de Vajrasatwa tem o poder de nos purificar de qualquer falta cometida contra os vínculos iniciaticos, se o recitamos vinte e cinco vezes por dia sem interrupção. Além de purificar as infrações cometidas conscientemente ou inconscientemente. Kalu Rinpoche