sexta-feira, 27 de março de 2009

riwo sangcho.pt

Riwo Sangchö

LhatsunNamkhaJikme.jpg

Riwo Sangchö - ritual da oferenda de fogo em que são queimadas várias substâncias, gerando uma enorme nuvem de fumo, destinada a espíritos, protectores e divindades.

 

Do texto – “Accomplishing the Life Force of the Vidyadharas” – esta prática é um terma de Lhatsun Namkha Jikmé.

Refugio

 

OM AH HUNG

 

A essência do coração de todas as fontes de refúgio, do  samsara e nirvana, que são tão vastas como o espaço,

é o Vidyadhara Pema Tötreng Tsal, poderoso e irritado;  

Dentro do seu corpo, tudo aparece e existe como o  

Perfeito mandala do Buda:  

Para liberar todos os seres do samsara eu tomo

Refúgio no Vidyadhara Pema Tötreng Tsal !

 

Despertar o Bodhichitta

                             

Eu crio a mente desperta do bodhichitta, de forma a serem 

purificados os três obscurecimentos de todos os seres, 

no campo do tiklé [essência] luminoso da suprema sabedoria secreta, e

com as quatro visões espontaneamente perfeitas no  

tiklé da sabedoria do corpo, palavra e mente, 

Possam eles ser libertos no interior do receptáculo corporal juvenil.

 

Oferenda de Sete Ramos 

                            

À natureza primordial, inalterada de Rigpa, eu presto homenagem.

À luminosidade, que transcende limites e dimensões, eu ofereço.

No espaço em que samsara e o nirvana são idênticas, eu confesso.

Na grande extinção de todos os darmas, para além da mente comum, eu regozijo-me

Perfeito Dzogpachenpo, espontaneamente gire a roda dos ensinamentos.

Para o tumultuoso e fundo samsara, eu rezo.  

No estado absoluto, livre de sujeito, objecto ou actividade, eu dedico.

 

A oferenda de Sang

Bhrum!   No recipiente lustroso e  vasto, feito da essência de várias jóias,  

As substâncias de samaya, todos os objectos desejáveis no mundo mundano, são

Transformados no néctar de sabedoria através da bênção das três sílabas semente [OM AH HUNG]   De forma que tudo aquilo que aparece e existe se torna uma oferenda de tudo aquilo que é desejável.

Tudo eu ofereço aos lamas, yidams, dakinis, dharmapalas e 

A todos os mandalas dos Budas das dez direcções,  

Às divindades locais deste mundo, seres dos seis reinos e os convidados com quem eu tenho dívidas karmicas.

E especialmente aos que roubariam a minha vida e esvaziariam a minha força vital,

Aos maldosos demónios jungpo[os 18 espíritos elementais] que infligem doenças e obstáculos,

Maus sinais em sonhos e todos os tipos de presságios demoníacos,

Às oito classes de espíritos negativos, especialistas em ilusões mágicas,

E aos que tenho dívidas karmicas de comida, lugar, e riqueza,  

Às forças que provocam obscurecimentos e loucura, aos mortos, homens ou mulheres                           

A todos os espíritos, gnomos, demónios necrófagos, e fêmeas fantasmas!

Assim, todas as minhas dívidas karmicas estão pagas neste fogo, queimadas nestas chamas vermelhas incandescentes.

Seja o que for que cada um deseje e enquanto o espaço existir,

Possam esses objectos de desejo cair em cima deles como chuva bendita

Enquanto o espaço existir, eu brindo os seres com uma quantidade inesgotável de objectos que satisfazem os seus sentidos.

 

Possam as minhas acções negativas e obscurecimentos acumulados no passado, presente e futuro,

Assim como o mau uso que fiz das oferendas feitas com devoção às Três Jóias, e donativos em favor dos mortos,

Serem purificadas no fogo desta oferenda de sang!

 

Estas chamas enchem o universo inteiro e cada minúscula partícula torna-se uma nuvem inesgotável de oferendas como as de Samantabhadra [Kuntuzangpo],

Penetram todos os reinos do Buda!

 

Possam estas chamas, oferecer raios das cinco cores luminosas da Sabedoria,

Penetrar as seis classes de seres, até em baixo aos infernos de Avichi,

Possam os três reinos do samsara serem libertos num corpo de arco-íris,

E todos os seres sensíveis despertarem no coração da Iluminação!

 

Recitando OM AH HUNG, faça a oferenda cem, mil, dez mil ou várias vezes cem mil vezes.

 

Tudo é purificado nos três kayas – o meio ambiente, um espaço celestial onde o Dharmakaya, o sambhogakaya e o nirmanakaya - - a aparência e os agregados da forma da existência

Se misturam em néctar, irrigando toda a vastidão do céu, com uma

luz de  arco íris.

O samsara liberta-se no nirvana; esta essência de néctar imaculado,

Eu partilho-a com todos os que desde tempos sem principio e até hoje,

Foram os convidados da existência mundana.

 

Tendo atingido todas as nobres qualidades dos estados, caminhos e fruição,

E desvanecido todos os obstáculos da visão, meditação e acção,

No interior do céu como o espaço de Samanbhadra, a sua mente de sabedoria espantosa,

Possamos nós alcançar o vaso corporal juvenil!

 

E quando finalmente o grande oceano do samsara ficar vazio,

Possam todos os seres atingir o estado de buda no Lotus Net de Akanishtha!

 

A oferenda de sang dos agregados e elementos brilham em vigoroso e brilhante esplendor!

A oferenda de sang do bodhicitta vermelho e branco brilha em êxtase e vacuidade!

A oferenda de sang da vacuidade e compaixão enche o dharmadhatu!

Sobre o fundo das cinco cores de luz de vajra da existência fenomenal, samsara e nirvana,

Eu ofereço a oferenda de sang do estado de buda  realizado perfeita e espontaneamente.

Possam todas as minhas dívidas kármicas do passado serem purificadas!

No presente para que não permaneçam na minha corrente mental, eu confesso-as!

No futuro, possa eu nunca cair na roda da escuridão!

 

Todas as transgressões dos votos de libertação individuais, preceitos de· bodhisattva,

E samayas dos vidyadharas,

Conscientemente ou sem querer, eu abertamente os admito!

Possa a doença, a má influencia, obscurecimentos e impurezas serem purificados!

Possa esta era de pragas, fomes e a guerras ser pacificada!

 

Possam os ataques dos invasores serem repelidos!

Possam ser afastadas as forças que criam obstáculos quando encorajam o mestre espiritual a deixar este mundo!

Possam serem afastados os maus presságios sobre a terra do Tibete!

Possam ser afastados as forças planetárias, os nagas, e os espíritos reis arrogantes, que encurtam o sopro da vida!

Possam os oito grandes medos e dezasseis medos menores ser ultrapassados!

Viva eu onde viver, possa tudo o que seja não auspicioso ser afastado!

Possa a autoridade e a genica dos que anulam o samaya e dos demónios gongpo, ser afastada!

 

Tal como indicado no ritual da oferenda de fogo, use 108 queimadores de sang e vários tipos de madeira.

Através desta pratica de diamante – o Riwo Sangchö, somos capazes de “resgatar” a morte, purificar o uso impróprio das oferendas e evitar vários tipos de obstáculos. Este texto foi escrito segundo as instruções das dakinis, sem nenhum erro, quando foi descoberto como terma numa região secreta do Sikkim.

Samaya. Gya. Gya. Gya.

 

É dito que este texto surgiu do som do damaru do Tertön Namkha Jikmé quando ele desvendava a região secreta do Sikkim.

 

| Tradução de chodon [conceição]. Foto de Jurek Schreiner.

 

Um comentário a esta pratica está aqui


este texto esta disponivel no site da Lotsawahouse mas é reproduzido como  contributo à recuperação de Penor Rinpoche