terça-feira, 22 de outubro de 2013

Ponte De Diamante (Diamond Bridge)


Esta é uma pratica simples para aqueles que sentem que precisam de abrir ou de uma introdução  a eles mesmos. Esteve comigo durante muito tempo: é a canção que o meu coração canta, e penso que será benéfica. Se renunciarem a tudo, a prisão transparente desaparecerá e verão as divindades que vos esperam.

DIAMOND BRIDGE_ PONTE DE DIAMANTE
OM SHUNYATA JNANA BEDZRA SOBHAWA ATMAKO NYA HAM
Todas as coisas e eu somos da natureza da sabedoria indestrutível
que é a vacuidade.
[com este mantra todas as aparências são purificadas pela vacuidade]


AS TUAS MIL FACES DE SABEDORIA:
REZAM PARA A MANIFESTAÇÃO – IMPREVISTA REVELADORA
DA VISÃO PURA DA “VERDADEIRA MÃE”

Possam as nuvens da ignorância que me impedem de te ver

serem espontaneamente dissipadas.
Uma corrente do coração decorado causa um afluente de um rio de compaixão,
onde os seres tão numerosos como as estrelas encontram
e se confortam na revelação vigorosa das vossas mil faces de sabedoria.
Para ti, estando presente aqui e ali, com a realização que está para além dos três tempos,
eu rezo para que uma conexão seja criada para sempre.
Oh, Rinpoche, embora eu não compreenda, que a fé me guie até à auto libertação que resulta da vossa presença;
embora eu não tenha fé, que a intenção me guie á inspiração que resulta da vossa voz;
embora eu não tenha intenção, que o herói da consciência desperta me acorde do pensamento conceptual.
Oh, Rinpoche, eu vos peço: olhe para mim o mais rápido possível.
Oh, Rinpoche, eu vos peço: por favor, não se vá embora.


YAN-LAG DUN-PA: OS SETE RAMOS
O Lama, Yidam, e Dakini aparecem e sentam-se nos seus cadeiras que são o Lotus do sol e da lua.
Eu, com reverência presto-lhes homenagem aos três: o Corpo, a Palavra, e a mente do Buda.
Eu faço oferendas exteriores, interiores, e secretas.
Eu confesso e reparo todos os votos que possam ter sido quebrados, transgressões, ou o que não é translúcido.
Invade-me uma grande alegria por seguir a sadhana da prática do Mantrayana.

Eu mudo de direcção, faço circular a Roda do Dharma,
que consiste na iniciação interior e realização dos Mantras Secretos.
Eu não entrarei em Nirvana até que primeiro todos os seres o façam.
Eu dedico todo o meu mérito espiritual ao bem estar de todos os seres.
Que apareça com força a realização da verdade deste perfeito Vajrayana.


PONTE DE DIAMANTE,
COMO SUPORTE PRIVILEGIADO DO AMOR INCONDICIONAL

EMAHO
No silêncio nascido da equanimidade
Como um rio infinito num céu imaculado
As divindades sempre presentes aparecem espontaneamente
Manifestando infinitos aspectos de compaixão
Únicos e apropriados a cada ser
Dissolvendo obstáculos para benefícios naturais
Consoante as circunstâncias individuais
Lembrando-nos que aqui nunca estamos separados
Da manifestação naturalmente perfeita
Eu rezo para que eu e todos os seres dos seis mundos
Auto reconheçam a inseparabilidade
Da mente e o jogo da sabedoria primordial
Junto com o suporte do amor incondicional
Nenhum adopta ou rejeita o oceano do sofrimento
Consciência e vacuidade libertam-se por elas mesmas
Tornando os limites inúteis

AH
No espaço á minha frente, um lago tranquilo aparece:
é sossegado, a superfície é como um espelho reflectindo o céu vazio.
Instantaneamente, enquanto eu olho num relance o que reflecte e o que é reflectido,
a“Verdadeira Mãe” aparece.
Ela esta de pé, o qual cresce numa pequena nuvem cor de pérola suspensa entre a água e o céu.
Ela é branca, de cabelo preto refinadamente penteado no cimo da sua cabeça.
Ela está muito bem vestida, de seda esplêndida de cor opala, com um brocado enfeitado de cor forte bordeaux.
Ela esta formosa com ornamentos suaves e ardentes
As suas feições são imperturbavelmente belas, no entanto a sua expressão é severa.

E MA HO
Grande senhora!
Eu sei que tens a chave da minha instrução.
Eu sei que a ti estou ligado por promessas eternas.
Eu seguirei os teus ensinamentos sem falha.
Eu nunca esquecerei as promessas que te fiz.
Eu renovo essas promessas que te fiz.

AH HUNG

O lago tranquilo é agora transformado num rio profundo e rápido.
No lado oposto da margem do rio, um ponto luminoso aparece.
Enquanto a minha mente observa a minha mente, o ponto fica mais largo,
como uma esfera branca transparente,
A cor da luz da lua brilhante.
No centro da esfera, o Senhor dos refúgios aparece,
aceitando todos os seres que a ele têm acesso.
Os seres que entram na esfera de influencia da divindade,
eles os dois transformam-se em branco
e são instantaneamente libertos de toda a incerteza.


E MA HO

Grande Divindade!
Estou aqui para beneficiar os seres.
O Vajrayana é o método supremo para beneficiar os seres.
Eu sigo o Vajrayana no cumprimento dos votos eternos.
A minha prática transmite tudo o que é necessário para beneficiar os seres.
Possa eu renascer sem fim nas condições em que possa beneficiar o maior número de seres.
Seriamente, eu rezo: olha para mim rapidamente, lembra-te de mim sempre,
e concede as tuas bênçãos tal como o vento se move na erva.



tradução portuguesa: chodon, 15\4\09

Copyright (c) 2008, 2009 by Tulku Urgyan Tenpa Rinpoche. All rights reserved.[todos os direitos reservados]


em português: http://tibetanaltar.blogspot.pt/2009/04/ponte-de-diamante-diamond-bridge.html
em inglês:http://tibetanaltar.blogspot.pt/2008/11/transparent-prison.html