terça-feira, 23 de março de 2010

chamo-me bond

Estive a reler este livro de Christopher Creighton, uma biografia de um espião na 2º guerra mundial que deu origem à personagem de James Bond. O autor só pode escrever a sua biografia depois de Churchill morrer, de tal forma é surpreendente o que nos revela sobre ele e o seu tempo.

O que se faz, se decide em nome da pátria e para ganhar uma guerra faz-nos pensar que os tempos mudam mas os homens são os mesmos, reféns de ideias, de nascimentos, da família genética, de bons e maus amigos, de tudo e de nada. Um livro que vale a pena_ percam as ilusões sobre o nosso tempo, ouvindo no you tube Sheena Easton - For your eyes only

bibliotecas lisboa  ou amazon