sexta-feira, 23 de abril de 2010

livro e luz


1. Assinatura em papel_Há coisas que sabemos fazer e outras não. Lembro-me de um jovem padre entusiasmado, celebrando com alegria casamentos. Pouco tempo depois a alegria dos casais azedava, seguindo-se um divórcio barulhento. Triste, mas sensato o jovem padre jurou não celebrar mais casamentos.

2. O mesmo pode acontecer com os autógrafos ou dedicatórias: para uns alegria e sinal de orgulho, para outros tristeza e sinal do "fim" como as frases escritas nas pedras tumulares. De que tipo somos?

3.Plágio: somos todos contra mas muitos o fazem embrulhado noutro pacote, assim é apenas um "acaso"_ hoje li uma revista e pareceu-me ver plágio, intenções estranhas e ao meu único e fiel leitor (eu e o outro eu) digo que o plágio não dá frutos. O que frutifica é a permissão do autor, seja para copiar um par de sapatos, uma simples letra, um livro, etc.

4. E como estamos no dia do livro gostaria de o comparar à boa cozinha: para o sucesso são precisos bons produtos, gosto, sabor, cheiro, os 5 sentidos em pleno, honestidade, uma pitada de sal e pimenta e um bom meio ambiente. boas leituras

conceição gomes