domingo, 15 de agosto de 2010

etíope \ português

Lisboa, 15 ago (Lusa) -- A criação da licenciatura de Português na Universidade de Adis Abeba, em outubro, é "uma conquista importante" e "demonstra que esta é a década da Língua Portuguesa", segundo o leitor cessante do Instituto Camões na capital etíope.

A licenciatura começará a funcionar em outubro próximo, como variante do núcleo de Línguas Europeias Modernas. Em declarações à Lusa, Jorge Garcia Fernandes salientou "a importância desta conquista" na medida em que a sede da União Africana (UA) é na capital etíope e o português é uma das quatro línguas de trabalho da instituição.