segunda-feira, 28 de março de 2011

não deixem morrer a nossa língua

ou outras ditas regionais, elas  são como a vegetação_ a diversidade gera a riqueza na natureza, na cultura e por fim torna-nos melhores como seres humanos. claro que hoje o inglês é uma língua incontornável, mas para muitos uma 2º língua que não substituiu a maternal com a qual concebemos ideias.  Tema da conversa desta senhora professora bem British.

Talks | TED_Patricia Ryan: Don't insist on English!
Today's TEDTalk:... ver comentarios no facebook.

domingo, 27 de março de 2011

ontem_estranho argonauta

depois do crepúsculo dos deuses de Wagner, a antena 2 passou o programa argonauta com musica e ditos budistas_ouvir
Antena 2 _ argonauta_ Episódio 26.03.2011- lista das musicas.
 Karuna IJalan Jalan - "Lotus"
Lama Gyurme & JP Rykiel - "Medicine Buddah Chant"Dharamsala - "Sangva Duva"Nawang Kechog - "Tibet"David Parsons - "Dorge Ling"Jobo Rabzang & Geir Jenssen - "A 6666 Metre Peak in the Cho Oyu Himal"Dharamsala - "Gya Ling Dung Chen"Newang Kechog - "Karuna"David Parsons - "Gurla Mandahta"Dharamsala - "Kala Rupa".

sábado, 19 de março de 2011

foto_Dalai Lama hoje

 
foto_Dalai Lama speaking during his teachings on the "Jataka Tales" at the Main Tibetan Temple in Dharamsala, India, on March 19th, 2011. Photo/Tenzin Choejor/OHHDL
 
Full Moonhoje_Lua cheia, Buda da medecina, dia dos milagres e dia do pai ocidental.
 
Erick Sherab Zangpo Tsiknopoulos The Dalai Lama told this story today in Dharamsala (or at least one of the Jataka tales about the Buddha in a former life as a rabbit).  I do think it was this one, actually, because the whole theme was about being selfless and cherishing others more than oneself. 
 
resumo: a lebre nada tendo para oferecer a um necessitado disse-lhe: "mata-me e come o meu corpo, é a única coisa que tenho para te dar." Por isso a lebre que representa este ano é considerada como um animal superior e altruista, pois ofereceu a sua vida para salvar um "outro diferente". 

quinta-feira, 17 de março de 2011

leio esta discussão aberta no facebook sobre os buracos negros do universo, afinal parece que o universo é finito.




  • Larry Hanawalt Another way of say it: everything-nothing is everywhere and nowhere. Every point intersects with every other point at the null point. Being is singular. There is only "one of us" here even though "we" have an infinite number of names and addresses. There is a cosmic logos that is prior to space time and e^ix + 1 = 0 plus the Riemann Hypothesis are the mathmatical expression of that logos.






  • Janna Levin When it just crosses into the even horizon of an astrophysical black hole -- that is, the shadow -- it should be fine. It'll be pummeled at some point as it approaches the singularity in the center of the black hole and turned to fundamental particles or strings or obliterated. But again, we don't really know what happens near the singularity since our theories start to fall apart. Maybe there's a remnant at the core that preserves some quantum information about the fundamental particles in the gold.

    quinta-feira, 10 de março de 2011

    sabia

    que hoje é o dia do telefone e que "D. Pedro II tomou conhecimento da invenção de Graham Bell em 1876,  numa exposição na Filadélfia, em que se comemorava o centenário da independência dos Estados Unidos. Interessado no trabalho do físico escocês (sim, Graham Bell era físico e era escocês!),
    Com o pouco espaço que lhe coube,  o invento de Graham Bell passava despercebido. A exposição já estava no final quando a comissão julgadora passou pela mesa onde ficava o telefone. D. Pedro II fazia parte da comissão e já conhecia o trabalho de Bell como professor de surdos-mudos. Foi o único a se interessar pelo telefone e

    quis experimentá-lo. Ao segurar o telefone, pôde escutar Bell declamando Shakespeare e ficou espantado. Daí surgiu a famosa frase: “Meu Deus, isto fala!”, proferida pelo imperador do Brasil na ocasião." Não fosse por isto, talvez, Graham Bell ainda teria que esperar algum tempo até obter reconhecimento por sua maravilhosa invenção. no link

    quarta-feira, 9 de março de 2011

    foto do dia

    índia 2011_ foto de m. ricard

    esta foto inspira-me esta frase lembrando gaivotas no Tejo. "Não distingo entre a aura da música e a aura da palavra. Falar não é mais do que fazer música."
    Expresso, Lisboa, 8 de Novembro de 1986
    In José Saramago nas Suas Palavras

    terça-feira, 8 de março de 2011

    Uniting Homeopathy and Chinese Medicine

    cada pessoa é diferente, assim as varias ferramentas médicas ajudam a escolher o bom tratamento.

    Uniting Homeopathy and Chinese Medicine The Total Health Journey

    Isaac Eliaz  "Using physical symptoms alone can result in the wrong remedy. Many people might suffer from the same illness and share similar symptoms, but each individual is different, therefore, homeopathic remedies are selected based on more personal reflections. Homeopathy is essentially an alternative medical practice that treats a disease by the administration of diluted or minute doses of a remedy that would, in healthy persons, produce symptoms similar to those of the disease. Chinese medicine is the general term to describe the numerous methods of healing used in Chinese culture for many thousands of years.
  • A separate similarity between Homeopathy and Chinese medicine is the observation and analyzing of the tongue and pulse. In Chinese medicine, tongue and pulse observations are used to help determine a person’s underlying patterns. This helps the practitioner to choose the best treatment. In Homeopathy, tongue observation is used to confirm a remedy, but is not as vital to choosing one as in Chinese medicine. Both practices also use dilution as an important part of formulating the right medicine. Dilution allows for toxic substances to be taken without significant side effects.The most beneficial and important similarity between both medical practices is the focus on the patient as a whole. Each person may respond differently to a medicine."
  • Bento XVI: “Numa instituição com muitos milhares de pessoas, é impossível só haver pessoas boas” – Observador

    “Bento XVI: Conversas Finais”, com Peter Seewald (Março 2017,Dom Quixote) Não ficou chocado ao ver tanta inveja, ciúme, carreirismo e...