terça-feira, 28 de maio de 2013

um lápis

com borracha tranquiliza-nos, ensina-nos a ética de apagarmos os nossos próprios erros, corrigi-los e depois se tudo está bem passar a outro filme, não é?