segunda-feira, 6 de julho de 2015

o leque está aberto a180º

e porque não praticar a arte do leque (sopro)? 


Fundado em valores espirituais de “Tradição Universal”, o Tenchi Tessen apresenta-se como uma nova abordagem corporal. Os termos japoneses constituintes do nome desta arte significam:
• Ten: Céu
• Chi: Terra
• Tessen: Leque (símbolo do Sopro)
Esta “Arte do Movimento” permite simultaneamente aumentar a flexibilidade corporal e, de uma forma harmoniosa, desenvolver e pôr em circulação as energias internas.
Os aspectos que levam a considerar esta disciplina como uma “Arte da Vida” são principalmente o conhecimento de si-próprio e a comunicação com os outros e com o mundo que nos rodeia.
O Tenchi Tessen convida o praticante a habitar um ‘espaço justo’, descobrindo, assim, o seu esquema corporal. Pela prática desta arte, o aluno aprende a sentir o mundo que o rodeia e, em simultâneo, está consciente da presença dos outros praticantes, tornando-se UM com tudo o que o rodeia.
Embora o TenChi Tessen seja uma arte de viver, guarda certas características inerentes às artes do Budo, que levam o praticante a desenvolver a espontaneidade e a liberdade de expressão e, consequentemente, flexibilidade e abertura de espírito, apoiado no princípio de katsujinnoken ou «dar a vida com o sabre». Aqui, o sabre é substituído pelo leque.
Nesta arte do movimento, o objectivo não é o combate, mas o praticante aprende a desenvolver certas características inerentes ao combate, tais como: o espírito de vigilância (jap. Zanshin) e o empenho que qualquer disciplina exige, de modo a alcançar-se a intensidade e o nível de prática requeridos. Tudo isto é conseguido por meio de uma repetição persistente, dedicada, à semelhança do músico que repete sem cessar uma obra. E, quando o praticante  aprende a executar o movimento sem pensar,  atinge um dos primeiros objectivos.
À semelhança do artista que, após um longo trabalho, confia na sua intuição na busca incessante da beleza, da harmonia e fluidez dos seus movimentos, o praticante do TenChi Tessen procura progredir constantemente, antes de se entregar à inspiração e à improvisação. Relembremos os mestres do movimento que nos dizem: a verdadeira essência da beleza é a alegria de a descobrir em tudo.
O Tenchi Tessen pode, também, tornar-se numa via espiritual. Trata-se da livre escolha de cada um. Essa via permite a evolução do homem, a evolução que conduz à Unidade, unidade do corpo e do espírito, o que é próprio a toda a Via espiritual. link
 aonde: http://www.museudooriente.pt/
Terça | 13.00 às 14.00
Sexta | 19.00 às 20.30

Interrompe durante o mês de Agosto

Preço: €48,00/participante/duas aulas semanais/mês
Preço avulso: €11,00
Para maiores de 16 anos

Sala sujeita a confirmação

O tenchi tessen é uma arte do movimento. A sua finalidade é permitir ao ser humano reencontrar a harmonia consigo e com o Mundo, entre o céu (ten) e a terra (chi). Criado por Georges Stobbaerts, o tenchi tessen pode comparar-se a uma dança hierática, uma arte para a unidade do corpo, que se situa no instante presente, onde o leque substitui o sabre e a confrontação dá lugar à conciliação.

Em colaboração com a Escola TenChi – Associação TenChi Internacional

Lisboa     lugar de prática: Museu do Oriente   
Avenida Brasília, Doca de Alcântara (Norte)  1350-352 Lisboa
Terça 13h-14h   Sexta 19h-20h30     Professor:  Miguel Raposo       tel: 91 07 66 507