lacoste

lacoste

quinta-feira, 16 de março de 2017

Conversas em Altos Voos Encontros e entrevista com o Papa Francisco de Aura Miguel

Editor: Paulus
Sinopse:
Aura Miguel, licenciada em Direito pela Universidade Católica e com uma pós-graduação em Ciências da Informação, é jornalista desde 1982. É especialista de assuntos religiosos e tem efectuado a cobertura jornalística ao lado dos Papas João Paulo II, Bento XVI e Francisco ao longo de quase 100 viagens apostólicas.
É a única vaticanista portuguesa que habitualmente integra a comitiva de jornalistas que viaja a bordo do avião papal.
A primeira parte deste livro é a entrevista de uma hora que o Papa Francisco concedeu à Rádio Renascença, a 8 de Setembro de 2015, na Casa Santa Marta no Vaticano.

 Inclui detalhes inéditos sobre como é viajar com o Papa Francisco e como é o seu estilo descontraído, dentro do avião e não só; há várias peripécias documentadas em muitas fotos, aqui reproduzidas, bem como minuciosos relatos dos bastidores.
O motivo principal deste livro relaciona-se com a próxima visita do primeiro Papa latino-americano a Fátima dia 13 de maio. Prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República.

excerto: "Santidade, para o centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima, nós esperamos por si em Portugal. Três Papas já nos visitaram (João Paulo II por três vezes). O Senhor, que ama muito a Virgem, o que espera da sua visita em 2017?
Bom, vamos lá esclarecer as coisas. Eu tenho vontade de ir a Portugal para o centenário. Em 2017 também se cumprem 300 anos do encontro da Imagem da Virgem de Aparecida.
…. uma data estereofónica, em dois lados! (risos)
... por isso, também estou com vontade de lá ir e já prometi lá ir. Quanto a Portugal, disse que tenho vontade de ir e gostaria de ir. É mais fácil ir a Portugal, porque podemos ir e voltar num só dia, um dia inteiro, ou, quanto muito, ir um dia e meio ou dois dias. Ir ter com a Virgem. A Virgem é mãe, é muito mãe, e a sua presença acompanha o povo de Deus. Por isso, gostaria de ir a Portugal, que é privilegiado.
E o que espera de nós, portugueses? Como podemos preparar-nos para o receber e também para seguir os pedidos de Nossa Senhora?
O que a Virgem pede sempre é que rezemos, que cuidemos da família e dos mandamentos. Não pede coisas estranhas. Pede que rezemos pelos que andam desorientados, pelos que se dizem pecadores – todos o somos, eu sou o primeiro. Mas a Virgem pede e há que se preparar através desses pedidos da Virgem, através dessas mensagens tão maternais, tão maternais... e manifestando-se às crianças. É curioso, Ela procura sempre almas muito simples, não é? Muito simples"

Prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República.
 Como católico, português e Presidente da República", Marcelo Rebelo de Sousa agradece à jornalista da Renascença Aura Miguel pelo seu novo livro sobre o Papa Francisco.
"Ela teve, como a minha geração também teve, um Papa que a marcou muito, que foi João Paulo II, e será até mais próxima do Papa Bento XVI. Mas a Aura, com este livro, mostra uma coisa muito importante para nós cristãos. Para nós o nosso Papa é o Papa de cada momento", disse Marcelo Rebelo de Sousa na apresentação de “Conversas em Altos Voos. Encontros e Entrevista com o Papa Francisco”, que decorreu esta quarta-feira, em Lisboa.
O Presidente da República, que escreveu o prefácio do livro, considera que a jornalista vaticanista conseguiu “entender e aproximar-se” do Papa Francisco, “o que prova um grande acto de humildade”.
“Conversas em Altos Voos. Encontros e Entrevista com o Papa Francisco” chega às livrarias a dois meses da visita do Bispo de Roma a Fátima, por ocasião do centenário das aparições.

nota breve da autora do blog:
foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Principal



A Imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada no rio Paraíba do Sul no ano de 1717. Portanto, em 2017 o encontro da Imagem completará 300 anos. 
Há relatos não confirmados de que no dia 20 de abril de 1822, em viagem pelo Vale do Paraíba, o então Príncipe Regente do Brasil, Dom Pedro I e sua comitiva, visitaram a capela e conheceram a imagem de Nossa Senhora Aparecida.
O número de fiéis não parava de aumentar e, em 1834, foi iniciada a construção de uma igreja maior (a atual Basílica Velha),sendo solenemente inaugurada e benzida em 8 de dezembro de 1888.

Em 6 de novembro de 1888, a princesa Isabel visitou pela segunda vez a basílica e ofertou à santa, em pagamento de uma promessa (feita em sua primeira visita, em 8 de dezembro de 1868), uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis, juntamente com um manto azul, ricamente adornado.

Em comemoração à data, o Santuário Nacional de Aparecida no estado de S. Paulo, promove o Jubileu “300 anos de bênçãos”, com uma programação devocional e obras de fé que vão nos preparar para o grandioso tricentenário.
Imagens peregrinas estão sendo enviadas a diversas arqui(dioceses) e Missionários Redentoristas levarão a cada capital do país uma imagem fac símile da Padroeira. Durante a peregrinação, serão colhidas porções de terra das capitais brasileiras para compor uma coroa especial para Nossa Senhora Aparecida.
Será inaugurado o Campanário do Santuário Nacional com sinos fabricados na Holanda e a grandiosa Cúpula da Basílica que também será inaugurada no Ano Jubilar.

O dia 12 de outubro de 2017 marcará a conclusão do Ano Jubilar em comemoração aos 300 anos e a 13 de Outubro de 2017 será a conclusão do centenário das aparições de Fátima.